terça-feira, 5 de abril de 2011

Seu coméstico é sustentável?


Quem não gosta de ter cosméticos altamente eficazes que ainda podem conter, em sua composição, matéria-prima natural?

A “onda verde” já é uma realidade nos setores da moda, beleza e bem estar. Prova disso são os milhares de produtos disponíveis no mercado, provenientes de fontes sustentáveis e desenvolvidos para atender a demanda de um consumidor cada vez mais consciente.

Mas, como, por exemplo, a Andiroba é colhida na Amazônia e transformada em shampoo?

Quando esse processo de industrialização é considerado realmente sustentável?

Para responder a essas questões, empresas da indústria de cosméticos se reúnem para trocar informações sobre a fabricação de seus produtos e os projetos que os tornaram referência em produção de cosméticos naturais e sustentáveis.

É o caso da In-Cosmetics, maior feira de matérias-primas para a indústria de cosméticos, que aconteceu de 29 a 31 de março, E, Milão, onde estiveram presentes os principais fornecedores da área para apresentar as novidades e tendências do setor.

Mas não é só isso. Os principais cases de sustentabilidade, os quais tornaram essas empresas as mais requeridas do mundo, serão discutidos no In-Focus, espaço central da feira que reúne empresas envolvidas com a formulação, o desenvolvimento e a comercialização de produtos para apresentar e discutir os rumos da indústria de cosméticos em escala global.

Algumas instituições brasileiras estiveram presentes no evento, como a Beraca, líder mundial no fornecimento de ingredientes naturais provenientes da Amazônia, que apresentará seus principais programas sócio-ambientais, como a experiência da cadeia de fornecimento sustentável do açaí.

Segundo Filipe Sabará, diretor de negócios da Beraca, a empresa abordou a sustentabilidade em todos os estágios da cadeia produtiva, que se inicia com a prospecção e coleta de matérias-primas. Quando realizada de maneira responsável, contribui para a preservação da biodiversidade e ajuda a promover o desenvolvimento econômico regional.

“Muitas empresas afirmam adotar práticas sustentáveis por questões mercadológicas, mas é preciso ir a fundo para diferenciar os projetos que verdadeiramente atestam seu comprometimento”, explica Sabará. Além de certificações e parcerias, a Beraca recebeu prêmios comprovando a excelência de seus programas, a exemplo do Seed Awards, concedido pela ONU em 2009.


Além de ser um dos principais participantes do In-Focus, a Beraca também exibiu os ativos de suas quatro principais linhas da divisão Health & Personal Care:

* Rain Forest Specialties – Extratos, resinas, argilas, manteigas e óleos extraídos de forma ecologicamente sustentável da biodiversidade brasileira.

* Active Performance Systems - Ingredientes ativos 100% naturais combinados para aplicações específicas no tratamento da pele e dos cabelos.

* BioScrubs – Esfoliantes vegetais que promovem uma ação de fricção estimulante, com efeito sensorial agradável e baixa abrasão.

* BioFunctional – Extatos naturais provenientes da Biodiversidade Brasileira com concentração de ativos padronizada.

Enviado por : Kelly Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário