sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Zoos nos EUA usam beagle para detectar gravidez de ursas polares



Catorze zoológicos dos EUA têm usado um beagle para detectar gravidez em suas ursas polares. O cão Elvis, de 2 anos, foi treinado durante um ano por um profissional do Kansas, que o ensinou a achar tudo, desde explosivos até percevejos em camas.

O animal fareja amostras de proteínas nas fezes das ursas e tem demonstrado 97% de precisão em suas análises.

A cientista Erin Curry, que trabalha no Zoológico de Cincinnati, em Ohio, teve a ideia após ler estudos sobre o uso de cães para identificar câncer.

Segundo funcionários do zoo, é difícil confirmar a gravidez de espécies ameaçadas, pois o ciclo reprodutivo delas é mais complexo, tanto que falsas gestações são comuns.

Saber disso precocemente, portanto, ajuda a garantir que as fêmeas e a própria instituição estejam preparadas para o nascimento e os cuidados com os filhotes.

Até agora, Elvis – que, antes de ter essa “profissão”, caçava coelhos – já farejou 22 amostras de ursas polares. 


O treinador dele e ex-policial Matt Skogen chegou a tentar usar um cachorro da raça border collie, mas o beagle lhe pareceu mais adequado. Quando termina seu trabalho, Elvis recebe comida e pode correr com seu pato de brinquedo preferido.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário